Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

1- Na figura 1 estão representados diferentes tipos de recursos.

   

 

Fig.1- Recursos naturais

1.1- Identifica em cada figura, o recurso natural que observas.

A –

C –

B –

D –

 

 

1.2- Classifica em renovável ou não renovável, cada um dos recursos.

A –

C –

B –

D –

 

 

2- Completa as frases com a informação da chave.

Chave: recursos naturais, não renováveis, combustíveis fósseis, recursos hídricos, impactes ambientais, sobreexploração, contaminação da água e dos solos.

 

2.1- Os __________________________ são bens que a Natureza oferece ao ser humano para satisfazer as suas necessidades.

 

2.2- O petróleo, o gás natural e o carvão são ________________________ muito utilizados como fonte de energia e classificam-se como recursos ______________________________.

 

2.3- A conservação e a gestão dos ______________________________ é muito importante para assegurar o abastecimento de água no futuro.

 

2.4- A exploração dos recursos naturais não renováveis provoca _______________________ negativos como a _______________________ e a _______________________.

Fig.1- Recursos naturais
1.1- Identifica em cada figura, o recurso natural que observas.

A –
C –
B –
D –

 
 
1.2- Classifica em renovável ou não renovável, cada um dos recursos.

A –
C –
B –
D –

 
 
2- Completa as frases com a informação da chave.
Chave: recursos naturais, não renováveis, combustíveis fósseis, recursos hídricos, impactes ambientais, sobreexploração, contaminação da água e dos solos.
 
2.1- Os __________________________ são bens que a Natureza oferece ao ser humano para satisfazer as suas necessidades.
 
2.2- O petróleo, o gás natural e o carvão são ________________________ muito utilizados como fonte de energia e classificam-se como recursos ______________________________.
 
2.3- A conservação e a gestão dos ______________________________ é muito importante para assegurar o abastecimento de água no futuro.
 
2.4- A exploração dos recursos naturais não renováveis provoca _______________________ negativos como a _______________________ e a _______________________.

 

E mais um...

 

 

 

 

 

1-Refira dois factores que afectam a distribuição dos recursos hídricos subterrâneos, em Portugal Continental.
 
2-Mencione o principal problema resultante da sobreexploração dos aquíferos em regiões litorais, como sucede no Algarve.
 
3-Explique por que razão o rápido aumento da população na áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto pode estar na origem de problemas de abastecimento público de água.
 
4-Explique de que modo o regime pluviométrico afecta, em Portugal continental, a água disponível para a agricultura.

 

1- Considera o texto seguinte:
 
População activa e população não activa
A maioria dos adultos exerce uma profissão. Muitos encontram-se desempregados, mas estão disponíveis para trabalhar. Pelo contrário, geralmente, os jovens estudam, preparando-se para a vida activa, e a maioria dos idosos já não trabalha. Há ainda muitas mulheres que não são empregadas e, embora trabalhem muito para a sua família, não recebem salário.
 
1.1- Transcreve a parte do texto que se refere à população activa.
 
 
1.2- Sublinha no Doc. 1 a parte do texto que respeita à população não activa.
 
1.3- Indica os três sectores de actividade em que a população activa se emprega.
Sector ___________________;
Sector____________________;
Sector____________________.
 
1.4- Indica, por baixo de cada definição seguinte, o sector de actividade correspondente.

Engloba todas as actividades de transformação das matérias-primas em produtos acabados ou semi-elaborados.
 
Engloba todas as actividades de exploração dos recursos naturais de origem animal, vegetal e mineral.
 
Engloba um grande número de actividades que se caracterizam pela prestação de serviços à população.

 
 
1.5- Menciona 2 actividades para cada um dos três sectores.
Sector __________________: _____________________________________
Sector __________________: ______________________________________
Sector __________________: _____________________________________

 

 

Mais um exercício.

 

 

1- Identifique as bacias hidrográficas portuguesas. 
 
2- Classifique a regularidade intra-anual dos rios portugueses.
 
 3- Justifique o facto de a gestão das bacias hidrográficas dos três maiores rios portugueses ser um problema que ultrapassa a dimensão nacional.

Vejam/explorem em

http://www.theworldmarch.org/index.php?lang=por

projecto/iniciativa da Marcha Mundial pela Paz e pela Não-Violência, iniciar-se-á na Nova Zelândia, no dia 2 de Outubro de 2009, aniversário do nascimento de Gandhi e declarado pelas Nações Unidas como “Dia Internacional da Não-Violência”.

Terminará na Cordilheira dos Andes, em Punta de Vacas, aos pés do Monte Aconcágua em 2 de Janeiro de 2010. Durante esses 90 dias, passará por mais de 90 países e 100 cidades, nos cinco continentes. Cobrirá uma distância de 160.000 km por terra.

Alguns itinerários serão percorridos por mar e por ar. Passará por todos os climas e estações, desde o verão tórrido de zonas tropicais e do deserto, até o inverno siberiano. As etapas mais longas serão a americana e a asiática, ambas de quase um mês. Uma equipa base permanente, de cem pessoas de diversas nacionalidades, fará o percurso completo.


Porquê?!

 

Porque a fome no mundo pode ser resolvida com 10% do que se gasta em armamento. Podemos imaginar como seria, se 30 ou 50% fossem destinados para melhorar a vida das pessoas, em vez de serem aplicados em destruição?

 

 

 

 

As potencialidades do litoral e a actividade piscatória
 
I – As potencialidades do litoral
1-      O mar é extremamente importante para a vida dos portugueses.
1.1-Justifica a frase.
1.2- Dá exemplos de recursos que obtemos a partir do mar.
 
 
2-      Portugal continental tem uma linha de costa com cerca de 943 km.
2.1- Define litoral.
2.2- Identifica as paisagens que constituem o litoral português.
2.3- Justifica a dinâmica do litoral.
2.4- Distingue costa de emersão de costa de submersão.
2.5- Explica o papel erosivo do oceano.
2.6- Identifica os tipos de costa que existem em Portugal.
2.7- Justifica a existência desses tipos de costa.
2.8- Explica o processo de abrasão marinha e de formação de uma arriba fóssil.
2.9- Identifica outras formas de relevos litorais devidos à abrasão marinha.
 
 
Configuração da costa portuguesa e localização dos principais portos
1-      Como já foi referido, em Portugal existem áreas de costa de arriba e áreas de costa de praia.
1.1-                       Completa o quadro indicando as regiões onde se localizam.
Costa de arriba alta
Costa de praia
 
 
 
 
 
 
 
 
Açores
Madeira
 
 
2-      Apesar da costa portuguesa ser rectilínea e regular, existem alguns acidentes litorais.
2.1-      Identifica os principais acidentes litorais portugueses.
2.2-      Relaciona os aspectos do litoral português com a localização dos portos marítimos.
3-      Completa o quadro caracterizando cada um dos acidentes identificados na questão dois.

Acidente
Formação
Características
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
A plataforma continental e os recursos piscícolas
1- A riqueza animal e vegetal do oceano não é regular.
    1.1- Identifica os factores que condicionam a sua riqueza biológica.
2-      Caracteriza a morfologia dos oceanos.
3-      Identifica a área dos oceanos que tem maior riqueza biológica.
3.1-            Justifica essa riqueza.
4-      Portugal, apesar da extensa costa não é muito rico em espécies piscícolas. Justifica.
5-      Refere a área de Portugal continental que é excepção a essa situação.
6-      Justifica a importância das correntes marítimas, em Portugal, para os recursos piscícolas.
7-      Nas costas portuguesa faz-se sentir movimentos de upwelling.
7.1- Define upwelling.
7.2- Explica esse movimento.
7.3- Relaciona esse movimento com a abundância de pescado na costa portuguesa durante o verão.
 
8-      Ao longo dos tempos o direito sobre o mar tem sofrido alterações.
8.1- Identifica os espaços em que o mar está dividido.
8.2- Refere de que modo evoluiu o domínio dos países sobre o mar, até aos nossos dias.
8.3- Define:
      a) mar territorial e zona contígua;
      b) ZEE.
8.4- Relativamente à ZEE, indica:
      a) os princípios que levaram à sua criação;
      b) os direitos;
c) as obrigações.
 
9-       A ZEE portuguesa é a quinta maior do mundo.
9.1- Justifica a importância desta área para Portugal.
9.2- Apesar da sua dimensão ela não é muito rica em termos piscícolas, porquê?
 
 
 
II – A actividade piscatória
 
O peixe é uma das principais riquezas que o Homem extrai do mar.
1- Justifica a importância do sector da pesca para o nosso país.
2- Caracteriza esta actividade em Portugal.
3- Os pescadores portugueses recorrem cada vez mais a águas internacionais e à ZEE de outros países.
 
3.1- Esta situação dificulta cada vez mais esta actividade, porquê?
3.2- Menciona as causas que levam os nossos pescadores a pescar fora das águas nacionais.
3.3- Identifica as principais zonas de pesca procuradas pelas embarcações que operam fora da ZEE nacional.
 
Tipos de pesca
Podem definir-se diferentes tipos de pesca de acordo com a área onde é praticada e com a tecnologia utilizada.
 
1-      Completa o quadro de modo a estabelecer as distinções entre os diferentes tipos de pesca.

Tipo
 
Características
Área
Local
 
Costeira
 
Largo
 
Tecnologia
Artesanal
 
Moderna
 

 
 
A frota pesqueira
1- Identifique os dois grupos de embarcações em que se divide a frota pesqueira portuguesa.
2- A frota pesqueira nacional tem sofrido alterações, quais?
2.1- Justifica essas alterações.
3- A pesca local é extremamente importante a diferentes níveis. Justifica frase.
 
 
Capturas e descargas
1-      Refere os motivos que têm provocado uma diminuição das capturas em águas nacionais.
2-      Explica o saldo da BC no sector pesqueiro.
3-      Identifica as principais espécies exploradas em águas nacionais.
4-      Relaciona a localização dos diferentes portos com as NUT II com maiores valores de descargas.
 
5-      Identifica o porto mais importante em termos de descarga de pescado.
6-      Apesar de o porto com maior volume de descargas se localizar no norte, os pescadores do Algarve usufruem de um rendimento superior aos das outras regiões. Justifica.
 
 
Infra-estruturas portuárias
1-      Caracteriza as infra-estruturas portuárias portuguesas.
2-      Relaciona essas características com o desenvolvimento da pesca em Portugal.
 
 
A aquicultura
1-      Refere a importância da aquicultura na actualidade.
2-      Refere os tipos de unidades de aquicultura existente.
3-      Identifica os três tipos de regimes associados à aquicultura.
4-      Menciona as principais produções aquícolas em Portugal.
5-      Refere as regiões onde a aquicultura é mais importante.
6-      Indica os principais obstáculos soa desenvolvimento desta actividade.
 
 
Indústria transformadora de produtos piscícolas
1-      Refere os subsectores desta indústria.
2-      Menciona os factores que conduziram ao retrocesso da indústria conserveira.
3-      Identifica as espécies mais usadas na produção de conservas.
4-      Refere as causas do incremento da indústria de congelação.
5-      Justifica as importações nesse subsector.
6-      A indústria de salga e secagem de peixe também têm tido um aumento, porquê?
7-      Realiza a actividade 6 da pág. 232.
 
 
A qualificação da Mão-de-obra
1- Caracteriza a população activa neste sector.
2- Explica a importância da formação profissional dos pescadores.
3- Os resultados da aposta na formação profissional dos pescadores não têm sido os esperados.
    3.1- Refere os factores responsáveis pela diminuição do número de formandos.

 

 

Aqui está mais um exercício, como prometido.

 

 

Os rios são cursos de água permanentes, que ocupam um espaço próprio – o leito. Este pode variar, ao longo de um ano hidrológico, entre o leito de inundação e o leito de estiagem.
 
1- Refira dois factores humanos responsáveis pela variação do caudal médio dos rios portugueses.
 
2- Identifique os rios ibéricos.
 
3- Enumere uma vantagem, da cooperação entre Portugal e Espanha, na gestão coordenada dos seus recursos hídricos, a nível:
3.1- Ambiental;
3.2- Socioeconómico.
 

Para quem ainda lhe apetece estudar, ou está "obrigado a estudar", deixo alguns exercícios sobre os recursos hídricos.

 

 

A frase seguinte expõe uma das características dos rios portugueses.
 
As oscilações do nível de água dos rios portugueses contam-se entre as maiores conhecidas no Globo.
H. Lautensach, Portugal
 
1-       Exemplifique um rio em que estes fenómenos sejam frequentes.
2-       Enumere duas consequências destas oscilações.
3-       Justifique as oscilações de nível dos rios portugueses.

 

 

Vão estando atentos que talvez apareçam mais.

Encontrei isto e fiquei a pensar no significado.

 

Penso que deviam ver e reflectir!

 

Para os mais preguiçosos deixo a versão escrita:

 

1.   A vida não é fácil; acostumem-se a isso.


2. O mundo não está preocupado com a vossa auto-estima. O mundo espera que vocês façam alguma coisa útil por ele antes de vocês se sentirem bem convosco próprios.


3. Vocês não vão ganhar 50000 euros por mês assim que saírem da Universidade. Vocês não serão directores de uma empresa com carro e telefone à disposição, antes de terem conseguido comprar o vosso próprio carro e telefone.

4. Se vocês acham que os vossos professores são exigentes, esperem até terem um chefe. Ele não vai ter pena de vocês.

5. Vender jornais velhos ou trabalhar nas férias não está abaixo da vossa dignidade. Os vossos avós têm uma palavra diferente para isso: a “isso” chamam oportunidade.

6. Se vocês fracassarem, a culpa não é dos vossos pais. Por isso não os culpem dos vossos erros, aprendam com eles.

7. Antes de vocês nascerem, os vossos pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por pagarem as vossas contas, lavarem as vossas roupas e ouvirem-vos dizer oquão fixes vocês pensam que são. Antes de quererem salvar o planeta para a próxima geração, desejando consertar os erros da geração dos vossos pais, tentem limpar o vosso próprio quarto.

8. A vossa escola pode ter eliminado a distinção entre vencedores e perdedores, mas a vida não é assim. Em algumas escolas vocês não chumbam mais de um ano e têm tantas oportunidades quantas vocês precisarem até acertar. Isto não tem nada a ver com a vida real. Se pisarem o risco, são despedidos… Façam bem à primeira!

9. A vida não está dividida em semestres. Vocês não terão sempre os verões livres e é pouco provável que os outros empregados vos ajudem a cumprir as vossas tarefas no fim de cada período.

10. A televisão não é a vida real. Na vida real, as pessoas têm que largar o “barzinho” ou a discoteca e ir trabalhar.

11. Sejam simpáticos com os “estudiosos” - aqueles estudantes que muitos julgam que são uns idiotas. Existe uma grande probabilidade de vocês virem um dia a trabalhar para eles.
 

Estas palavras (segundo se diz) foram proferidas por Bill Gates numa palestra numa escola secundária, nos Estados Unidos.

15 Mai, 2009

Imagens na web

 

Um sítio com imagens ao vivo de diferentes espécies observáveis em Portugal.
Para quem não pode, ou não gosta, de andar no meio do verde e da bicharada, fica aqui um local onde as pode ver sem sair da frente do seu computador.
Já estive a ver algumas vezes e é admirável.
Não deixem de passar por lá!