Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

25 Fev, 2022

Ilulissat

lulissat é uma pequena cidade na costa oeste da Gronelândia. O nome da cidade significa “icebergs” em Kalaallisut, a língua local, e as suas casas coloridas estão aninhadas numa pequena área na costa rochosa, perto do poderoso Glaciar Ilulissat. Este enorme trecho de gelo flui do manto de gelo da Gronelândia, liberando icebergs de até um quilómetro de altura no oceano. Nesta região é possível, avistar regularmente focas, e até baleias jubarte, muito proximo da cidade. F (...)
14 Dez, 2021

Enseada de Lindblad

A Lindblad Expeditions  leva pessoas a alguns dos lugares mais exclusivos da Terra que muitos de nós gostariamos de explorar! Esta foto mostra Lindblad Cove (Enseada de Lindblad), em homenagem a Lars-Eric Lindblad, um conservacionista e explorador, que liderou um grupo de 56 convidados para a Antártida em 1966. Na época, a (...)
Um dos glaciares mais importantes do mundo voltou a crescer... mas não é boa notícia.Em 2015, o Jakobshavn da Gronelândia perdeu um bloco do tamanho de Manhattan. Agora está a espessar mas será temporário.        26/03/2019 às 21:00Estudo da NASA mostrou inversão temporária.  Há pouco menos de quatro anos, um dos maiores glaciares do mundo, considerado um estandarte do aquecimento global pela sua rápida e assustadora diminuição nas últimas décadas, era notícia por (...)
O gelo do mar BohaiConhecida pelo seu porto e por albergar a parte mais a leste da Grande Muralha da China, a cidade de Qinhuangdao tem sido atingida por um Inverno tão rigoroso que até o mar Bohai e o norte do mar Huanghai, bem próximos, congelaram. Situada na província de Hebei, Qinhuangdoa encontra-se pintada de branco, um cenário magnífico que parece ter sido retirado de uma história de fadas. Com 2,7 milhões de habitantes e uma economia sobretudo industrial, a cidade costeira (...)
A água mais quente – devido ao aquecimento dos oceanos – que circula debaixo das calotes polares da Antártida pode provocar o degelo destes aglomerados mais rápido do que se pensava anteriormente, provocando um aumento “alarmante” do nível da água do mar. A conclusão é de um novo estudo da Universidade de East Anglia, que indica que a perda das camadas de gelo da (...)
A cordilheira dos Alpes do Sul da Nova Zelândia perdeu um terço da sua neve e gelo ao longo das últimas quatro décadas, o que provocou a diminuição de alguns dos impressionantes glaciares do país, revela um novo estudo. O National Institute of Water and Atmospheric Research (Niwa) conduziu um estudo, baseado em observações aéreas, e descobriu que o volume de gelo nos Alpes do (...)
A Antártida terá começado a derreter há 19 mil anos e não há 14 mil anos, como se pensava até agora. De acordo com um estudo liderado por Michael Weber, da Universidade de Colónia, Alemanha, o derretimento de gelo neste continente terá aumentado em oito períodos entre 20 mil e nove mil anos atrás. Segundo Weber, este derretimento foi tão intenso há 14 mil anos que, em (...)
Uma nova avaliação ao continente gelado feita pelo Cryosat (veículo espacial europeu) revela que a Antárctida está a perder cerca de 160 mil milhões de toneladas de gelo por ano para o oceano, o que representa o dobro do valor estimado pela avaliação anterior. O Cryosat está equipado com instrumentos de radar, especificamente concebidos para medir a forma do manto de (...)
ÁRTICO: DESABAMENTO DE GRUTAPROVOCA FUGA DAS GAIVOTASCentenas de aves marinhas, entre as quais gaivotas-hiperbóreas, gaivotas-tridáctilas e fulmares-glaciais, estavam a alimentar-se de peixe numa gruta de gelo em Svalbard, no árctico norueguês, quando o tecto da gruta colapsou, o que obrigou as aves a fugirem. Mike Reyfman estava num barco à entrada da gruta a fotografar outras aves marinhas quando se deparou com a fuga apressada dos animais que estavam dentro da gruta. Com a sua (...)
Uma mudança na camada de gelo permanente em que a camada mais fina desaparece no verão tem grandes implicações no ambiente. É por isso que os investigadores do Instituto Polar Norueguês defendem que o Oceano Árctico está a entrar numa “nova era” com as alterações climáticas. A 25 de Fevereiro deste ano, a superfície gelada do Oceano Árctico registou um mínimo (...)