Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Quanto mais se destruir a natureza e poluir o planeta, mais pandemias vão aparecer. Facto: 75% das doenças infecciosas emergentes são transmitidas através de animais (zoonoses): gripe aviária, gripe suína, febre aftosa do consumo de leite não pausterizado de vaca contaminada, zika, ebola, coronas, doenças de ratos, morcegos e etc... O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) listou alguns factos ambientais que favorecem o controlo, ou a disseminação, de novos (...)
  Deixar os rios correrem livremente é uma condição para que estes se mantenham saudáveis, e hoje, não há nenhum grande rio português que não tenha uma barragem a impedir que isto aconteça. No filme documentário Rios D’Ouro, produzido pela P35 para a Rede Douro Vivo, podemos ver tudo aquilo que (...)
Há muitos locais na Terra que merecem ser vistos (e visitados). E muitos criados pela mão do Homem. É o caso dos Sunnylands Gardens, em Palm Springs, na Califórnia. O vídeo que aqui partilhamos é o segundo episódio de série intitulada “Great Gardens”, uma parceria editorial do canal de vídeo NOWNESS (...)
FOTÓGRAFO PORTUGUÊS CAPTA OS CÉUS MENOS POLUÍDOS DO MUNDO João P. Santos é um fotógrafo português que, nos últimos anos, se tem especializado em fotografia paisagística, um conceito que reúne elementos da terra, avalia a herança arquitectural, cultura e paisagística e, de um ponto de vista mais educativo e até científico, o universo. “Tento mostrar o quão belo é o céu à noite, especialmente no Dark Sky Alqueva Reserve”, explicou João ao Bored Panda (...)
O Nilo é considerado o rio mais comprido do mundo, estendendo-se por 6.853 quilómetros ao longo do continente africano. Os seus recursos hídricos são partilhados por nada mais nada menos que onze países. A fonte primária do Nilo é o Lago Victória, mas são vários os afluentes que contribuem para alimentar este grande curso de água e a sua bacia hidrográfica. Os dois principais afluentes do rio são o Nilo Branco e o Nilo Azul. O Nilo Branco é considerado o curso primário do (...)
01 Mai, 2017

Crater Lake

Klamath County, Oregon, EUA 42,95 ° N 122,10 ° W A imponente água do lago, profundamente azul, fica numa cratera que foi formada há 7700 anos pelo colapso de um vulcão. A chuva e a queda de neve compensam a evaporação, pois nenhum rio flui para dentro ou para fora da cratera. A 1.943 pés (592 m), o lago é o mais profundo nos Estados Unidos.   
As árvores são dos bens mais essenciais do planeta. Têm a capacidade de transformar dióxido de carbono em oxigénio, produzir alimentos, servem de abrigo a muitos animais e embelezam a paisagem.  Existem muitas espécies de árvores, de todas as formas e feitios, tamanhos e cores. Umas mais majestosas que outras, mas todas igualmente importantes para o ecossistema global. Mostramos-lhe aqui alguns dos exemplares mais belos do planeta. Alguns não são verdadeiras árvores, como as (...)
  A fotógrafa norte-americana Beth Moon passou 14 anos a fotografar algumas das mais velhas árvores do mundo. E, quando o fez, utilizou dois cenários: o dia e o estrelado. Neste, que foi publicado no projeto Diamond Nights, a fotógrafa de San Francisco inspirou-se pela forma como o crescimento das árvores é influenciado pelo movimento celeste e ciclos astrais.  “A nossa relação com o selvagem sempre teve um papel importante no meu trabalho”, explicou Moon. “Esta série de (...)
Ter acesso a eletricidade é cada vez menos uma excentricidade do primeiro mundo, e numa altura em que cada vez mais comunidades, em pontos mais diversos do mundo, têm acesso a este bem, há quem prefira desligar-se completamente da vida moderna, deixando para trás a luz, água potável e outras comodidades.  É o caso de comunidades que vivem nos Cárpatos ou Pirinéus, que fazem questão de não viver com nenhumas das comodidades do século XXI ou XX. Eles preferem a natureza crua de (...)