Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Estas fotos mostram um antes e depois das marés de algas que atingiram as águas ao redor de Miami, Flórida, forçando o "encerramento" de seis praias em 2019. De acordo com a recém-lançada Avaliação Mundial do Oceano, as marés de algas como estas estão entre os principais impulsionadores de zonas mortas no oceano (áreas onde a vida aquática não pode sobreviver porque os níveis de oxigénio são muito baixos). A Avaliação também revela que o número de “zonas mortas” no (...)
25 Mar, 2021

O Interceptor

O Interceptor, criado por The Ocean Cleanup, é a primeira solução escalonável para evitar que o plástico entre nos oceanos vindo dos rios. É 100% movido a energia solar, extrai plástico de forma autónoma e é capaz de operar na maioria dos rios mais poluentes do mundo. As fotos desta publicação mostram o Interceptor 002 - a limpar o rio Klang, na Malásia. O rio Klang, que atravessa Kuala Lumpur e Selangor e desagua no Estreito de Malaca, é um dos 50 rios mais poluentes do (...)
A propósito do Dia Mundial dos Oceanos, a Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável anunciou cinco prioridades para a sustentabilidade dos oceanos e entre elas destaca a redução do plástico, a proteção de 10% de área marinha e uma melhor escolha no peixe consumido.   “A conclusão do processo para ter 10 por cento de áreas marinhas protegidas” é uma das cinco prioridades da ZERO que avisa que “Portugal está entre os países que ainda não atingiu” essa (...)
O Dia Mundial dos Oceanos é assinalado hoje sob a máxima "inovação para um oceano sustentável" e pretende recordar a importância dos oceanos na vida das pessoas na preservação do planeta.   Esta data comemora-se desde 1992, no seguimento da Conferência das Nações Unidas sobre Ambiente e Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro (Conferência do Rio). Este ano a data é celebrada com colóquios e conferências, um pouco por todo o mundo. Em Portugal, difundida pela (...)
  Se formos até à cidade de Tarifa, na província de Cádis, comunidade da Andaluzia, podemos banhar um pé no Mediterrâneo e o outro no Atlântico. Em Tarifa, fica a Punta de Tarifa ou “Ilha de las Palomas”, o ponto mais meridional da Europa continental. Daqui podemos ver com facilidade o norte de Marrocos, pois estamos a pouco menos de 15Km de distância.  
A marca começou a fabricar modelos com este tipo de material em 2017 mas agora pretende duplicar a produção.Desde 2017 que vende sapatilhas com plástico reciclado. Desde 2017 que a Adidas se virou para a moda sustentável com a criação de modelos de sapatilhas feitos a partir de plástico com origem nos oceanos. Esta semana, a marca alemã anunciou que quer duplicar essa produção e tem a meta de conseguir 11 milhões de pares durante 2019. Segundo o “Diário de Notícias (...)
As alterações climáticas estão a stressar de forma séria os oceanos, colocando cada vez mais pressões sobre os ecossistemas marinhos. A conclusão é de um novo estudo que avaliou as pressões humanas nos oceanos – desde a acidificação à pesca intensiva – para criar um mapa com os pontos mais vulneráveis a estas pressões.  Uma das principais conclusões é que dois (...)
  «Sou o Coral Algumas pessoas pensam que sou apenas uma pedra Mas, na realidade, sou a maior coisa viva neste planeta. Sou tão grande que posso ser visto do espaço. Mas por quanto tempo? Eu cresço há quase 250 milhões de anos E os humanos chegaram e um quinto de mim já desapareceu. Claro, eu vivo no fundo do mar E podes não (...)
Todos os dias, os mares e oceanos são poluídos com oito milhões de pedaços de lixo, de acordo com um estudo da comissão OSPAR, uma convenção internacional fundada em 1992 para prevenir a poluição marítima e que conta com a participação de 14 países europeus, incluindo Portugal. Segundo a OSPAR, este número, ainda que grotesco, continua a crescer, sobretudo devido ao aumento (...)