Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

O Aeroporto Logístico do Sul da Califórnia, em Victorville, Califórnia, nos EUA, contém um cemitério de aeronaves com mais de 150 aviões que já não são usados. Como a procura por jatos jumbo caiu significativamente nas últimas duas décadas a favor de aviões bimotores menores e mais acessíveis, muitas aeronaves de grande porte, como os Boeing 747s, foram postas de lado. As condições secas em Victorville - localizada à beira do Deserto de Mojave - limitam a corrosão do (...)
No seguimento da temática do post de ontem, trago hoje uma outra boa ideia, desta vez na área da reciclagem de plástico. A Extruplás é uma empresa que "existe desde o ano 2000 e surge com o intuito de dar resposta à fração de plásticos mistos, a nível nacional, que até à data eram enviados para aterro. A Extruplás é uma empresa que recicla, recolhe e recupera os plásticos mistos e a partir dos quais produz (...)
Restos de tecidos têm um destino mais sustentável com a produção de tijolos decorativos que funcionam como isolante térmico e acústico. Quando estudava arquitetura, a francesa Clarisse Merlet ficou sensibilizada com a quantidade de resíduos que a indústria têxtil originava – cerca de 4 milhões de toneladas, só na França e mais de 17 milhões de toneladas nos Estados Unidos. O mais crítico é que menos de um terço destes resíduos, constituídos principalmente por restos de (...)
A marca começou a fabricar modelos com este tipo de material em 2017 mas agora pretende duplicar a produção.Desde 2017 que vende sapatilhas com plástico reciclado. Desde 2017 que a Adidas se virou para a moda sustentável com a criação de modelos de sapatilhas feitos a partir de plástico com origem nos oceanos. Esta semana, a marca alemã anunciou que quer duplicar essa produção e tem a meta de conseguir 11 milhões de pares durante 2019. Segundo o “Diário de Notícias (...)
A magia do Natal está nos pequenos gestos que fazem a diferença e, por isso, a Sociedade Ponto Verde quer mostrar aos portugueses que reciclar, nesta época em que há uma grande produção de resíduos, é um gesto tão encantador que pode até transformar as embalagens usadas em presentes.  É esta a magia da nova campanha de Natal que a Sociedade Ponto Verde lançou a 1 de (...)
Tem pilhas e baterias usadas em casa? A Ecopilhas tem o destino adequado para que possa contribuir para preservar o ambiente ao mesmo tempo que ajuda o Instituto Português de Oncologia (IPO). Pelo 9º ano consecutivo, a Ecopilhas, entidade que desde 2002 tem como missão a gestão de um sistema integrado de pilhas e acumuladores usados, lança um peditório nacional de recolha deste tipo (...)
17 Jul, 2017

RECICLAGEM, SEMPRE!

Durante o Nos Alive, a Sociedade Ponto Verde (SPV) colocou mais de 500 ecopontos espalhados pelo recinto e procurou incentivar os festivaleiros com mensagens do tipo: “Mostra que o teu lado reciclador está bem ALIVE”. Não foi a única iniciativa da Sociedade durante o festival, como poderá ler aqui (...)
Os fluidos líquidos são úteis para recarregar isqueiros ou ajudar a acender um churrasco, mas não são o produto mais ecológico do mundo. Pelo contrário: ele é feito de petróleo e liberta gases tóxicos ao queimar.  Para contornar este problema, uma equipa de cientistas de Hong Kong e da Hungria está a desenvolver o que pode ser uma solução mais verde: um fluido líquido (...)
ADIDAS CRIOU SAPATILHAS FEITAS COM LIXO OCEÂNICO E REDES DE PESCA ILEGAIS  A Adidas aliou-se à organização ambientalista Parley For The Oceans para criar umas novas sapatilhas de design exclusivo feitas quase inteiramente com plástico resgatado do mar e redes de pesca ilegais apreendidas aos pescadores.  As redes de pesca, que muitas vezes são abandonadas pelos pescadores em alto mar, são uma grande fonte de poluição oceânica. Mas parte das redes que foram utilizadas para (...)