Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Ainda a propósito do furacão Ian... Casas móveis em Fort Myers Beach, Flórida, foram retiradas e levadas pela onda de tempestade do furacão Ian. As águas da inundação, que provavelmente excederam 1,8 metros nesta área, foram acompanhadas por rajadas de vento de até 250 km/h. Incrivelmente, alguns moradores passaram a tempestade em suas casas móveis e sobreviveram! Fonte da imagem: Nearmap
Partes da estrada de Sanibel, que liga a Ilha de Sanibel ao continente, na Flórida, foram lavadas pelo furacão Ian. Muitos dos 6.500 moradores da Ilha Sanibel foram evacuados antes da tempestade, mas centenas ficaram ficaram presos pelos danos que o furacão provocou. Desde então, alguns foram resgatados de helicóptero ou balsa. As autoridades acreditam que toda a estrada, que se estende por 5 quilómetros, precisará ser reconstruída. Fonte da imagem: Nearmap
Uma grande pilha de barcos, e outros destroços, perto de Fort Myers Beach, na Flórida, ficaram no rasto do furacão Ian. Toda a área metropolitana de Fort Myers, lar de mais de 750.000 pessoas, sofreu danos catastróficos com esta tempestade, que foi a quinta mais forte que já atingiu os Estados Unidos. As primeiras estimativas colocam o custo total dos danos em toda a Flórida em US$ 40 bilhões. Fonte da imagem: Greg Lovett, The Palm Beach Post / USA Today Network
No final de agosto do ano passado, o furacão Ida atingiu o estado americano da Louisiana como uma tempestade de categoria 4. Com velocidades de vento de até 240 km/h, tornou-se o segundo furacão mais prejudicial e intenso da história do estado. Ida causou danos significativos na costa da Louisiana e provocou inundações catastróficas e tornados até a costa nordeste dos EUA. Estas fotos mostram o impacto do furacão Ida em várias cidades costeiras da Louisiana. Fonte das imagens: Near (...)
Temos mais um vulcão a fazer notícia: no final de 2021 foi o vulcão Cumbre Vieja, nas Canárias, que esteve em erupção durante 85 dias (entre 19 de setembro e 13 de dezembro), desta vez é um vulcão que está mais afastado de nós, localiza-se no Pacífico. Um vulcão subaquático conhecido como Hunga Tonga entrou em erupção perto da remota nação de Toga, no Pacífico, enviando plumas de gás e cinzas a milhares de metros de altura, para a atmosfera. A explosão foi tão (...)
Nesta foto é possível ver o fluxo de lava que rodeia uma casa na Ilha Canária Espanhola de La Palma, onde o vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção no passado domingo, dia 19 de setembro. Estimulada por mais de 20.000 tremores de terra no espaço de uma semana, é a primeira grande erupção aqui desde 1971. Estas fotos mostram os intensos fluxos de lava e plumas de fumaça que fizeram com que milhares de pessoas fossem evacuadas da área circundante, tendo provocado a destruição (...)
09 Out, 2021

Cumbre Vieja

A lava deságua no Oceano Atlântico na costa em constante expansão de La Palma, nas Ilhas Canárias. Após três semanas, as erupções continuam do Vulcão Cumbre Vieja e esta imagem de satélite de baixo ângulo captura o campo de lava que queimou a paisagem. A lava agora cobre mais de 420 hectares e forçou a evacuação de pelo menos 6.000 habitantes. Fonte da imagem: Maxar    
As enchentes provocadas pelo furacão Ida estão a dizimar a costa do estado do Louisiana, nos Estados Unidos, devastando cidades em redor de Nova Orleans e deixando muitas pessoas presas à espera de ajuda e evacuação. Grande parte da região ainda está sem eletricidade; mas as equipes de resgate já chegaram para fornecer ajuda e avaliar os danos. As imagens em baixos mostram alguns locais afetados. Inundação num ferro-velho em Lafitte, LA   Antes e depois dos danos numa ponte (...)
No passado dia 30 de agosto, Nova Orleans, Louisiana e a região em redor sofreram grandes danos e falhas de energia, depois de a área ter sido atingida pelo furacão Ida na noite anterior. Os ventos de 230 km/h arrancaram telhados de estruturas e até reverteram o fluxo do rio Mississippi, que é possível ver à esquerda na foto. Aproximadamente metade de Nova Orleans está no nível do mar ou abaixo dele, o que a torna particularmente vulnerável a enchentes entre as margens do (...)
19 Ago, 2021

Vulcão Raung

Lava e cinzas saem do Monte Raung, um dos vulcões mais ativos da ilha de Java, na Indonésia. Raung eleva-se a mais de 3000 metros acima do nível do mar e foi capturado, aqui durante uma poderosa erupção em 2015, com uma câmera infravermelha de ondas curtas, via satélite. As cinzas produzidas durante esta atividade forçaram o encerramento de vários aeroportos da ilha. Fonte da imagem: Maxar