Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Todos os anos, os consumidores globais desperdiçam 1,78 mil milhões de toneladas de alimentos – o equivalente a €680 mil milhões de perdas económicas, de acordo com as Nações Unidas. As duas principais razões para que tal aconteça estão ligadas ao consumo sem sentido: ou compramos coisas que depois não usamos ou preparamos alimentos que depois não consumimos.  Qualquer que (...)
  As frutas feias do IntermarchéA terceira maior cadeia de hipermercados de França, o Intermarché – também presente em Portugal – acabou de lançar uma campanha para reabilitar a fruta feia ou assimétrica. Segundo a campanha, mais de 300 toneladas de frutas e vegetais são desperdiçados na União Europeia, todos os anos, devido ao seu aspecto imperfeito, e cabe ao consumidor mudar esta estatística. Em 2014, por outro lado, celebra-se o Ano Europeu contra o Desperdício (...)
Numa altura de incertezas políticas quanto ao futuro do país, a Oikos lança uma iniciativa inédita de democracia participativa, através da rede social “Airesis”. A Oikos criou seis Comunidades Virtuais de Prática (CoP), orientadas para a influência de políticas públicas que contribuam para a criação de uma Estratégia Integrada de Segurança Alimentar e Nutricional, em Portugal. Esta plataforma é uma rede social aberta, especializada na promoção da democracia (...)
Quando pensamos em alterações climáticas, a primeira coisa que nos vem à cabeça são os fenómenos extremos. E ainda bem que temos essa noção, uma vez que estes fenómenos serão cada vez mais constantes. Mas este não é o único perigo decorrente do aquecimento global. Os alimentos também serão sacrificados – na verdade, e de acordo com um estudo publicado na revista (...)
Quando no século XVI os exploradores espanhóis trouxeram para a Europa os primeiros tomates domesticados, provindos da América Central e do Sul, este fruto tinha um tamanho gigantesco quando comparado com as variedades selvagens do fruto. Ao tentarem perceber como o tomate foi domesticado, os cientistas descobriram uma maneira de tornar todos os outros frutos maiores. A descoberta (...)
Um novo estudo britânico revela um cenário catastrófico em que apenas três desastres impulsionados pelas alterações climáticas podem conduzir a uma crise de alimentar global, que resultará em distúrbios e assaltos proporcionados pela falta de alimentos e preços elevados dos géneros alimentares que restarem. A avaliação de risco – elaborada pela Lloyd’s of London com (...)
Um novo estudo revela que o melhor material para preservar alimento pode não ser o plástico mas sim películas produzidas a partir de óleos essenciais naturais. A investigação foi publicada na revista científica Journal of Agricultural and Food Chemistry e revela que películas cobertas por óleos essenciais de cravinho e orégãos mantêm o pão fresco durante mais tempo do que o (...)
Numa altura em que há supermercados abertos quase 24 horas por dia e é possível comer morangos em Dezembro, desligámo-nos da realidade do mundo alimentar. As prateleiras dos supermercados estão sempre cheias e quase nunca reflectimos sobre a origem dos alimentos que compramos, como é que foram produzidos e porque é que estão embalados de determinada maneira. Há peras que, por (...)