Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog recolhe e organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

23 Jan, 2022

Veneza, Itália

Veneza, Itália, está situada em 118 pequenas ilhas separadas por canais e ligadas por pontes. O Grande Canal — a hidrovia central de 3,9 Km de comprimento da cidade alinhada por 170 edifícios — é visível nesta foto. Com a água tão presente na cidade, Veneza já está começando a sentir os impactos do aumento das marés e do nível do mar. Fazer a vida diária através da água é a norma para a maioria dos seus moradores urbanos, com 90% das principais áreas urbanas situadas (...)
23 Mai, 2017

Delta do Rio Nilo

Egito   30°54′N 31°7′E O delta do Rio Nilo cobre aproximadamente 240 quilómetros (150 milhas) do litoral egípcio e a região contém cerca de metade dos 80 milhões de pessoas do Egito. Como o delta já não recebe um suprimento anual de nutrientes e sedimentos a montante devido à construção da barragem do (...)
  Kivalina, a aldeia ameaçada  Situada 135 quilómetros a norte do Circulo Árctico, a ilha-aldeia de Kivalina, no Alaska, está cada vez mais claustrofóbica, à medida que as tempestades lhe roubam espaço e os 403 habitantes se vêem encurralados pela água.  Segundo o Los Angeles Times, não existe mais espaço para construir na ilha ou, sequer, colocar novos túmulos no cemitério, devido às consequências das alterações climáticas, que empurram a aldeia para o mar. O Army (...)
01 Ago, 2015

Visto de cima

Venice Veneza, Itália 45 ° 26'15 "N 12 ° 20'9" E   Veneza, Itália está situada sobre 118 pequenas ilhas que estão separadas por canais e ligadas por pontes. Com a subida prevista das águas da (...)
Aqui fica patente o poder da ação do mar e a prova de que o mar está "efetivamente" a conquistar a terra! Por apenas €30 mil , o leitor poderá comprar uma casa à beira-mar em Easton Beavents, Suffolk, Reino Unido. Mas seja rápido – em breve, a casa deixará de existir. Segundo a imprensa britânica, a casa em questão estaria a 1,6 quilómetros do Mar do Norte no século XVII. Agora, encontra-se apenas a oito metros da derrocada, um evento inevitável. Só no último mês, o mar (...)
  Existem mais de oito milhões de quilómetros cúbicos de gelo na Terra. Alguns cientistas acreditam que demoraria cerca de cinco mil anos para que derretesse todo. Mas, se continuarmos a aumentar os níveis de dióxido de carbono da atmosfera, é bem provável que derretamos todo o gelo da Terra bem antes dos cinco mil anos apontados. Caso isso aconteça, o nível da água do mar subiria 66 metros e a temperatura média do planeta passaria de 14,4ºC para 26,6ºC. A National (...)
  O planeta aquece e o nível do mar sobe. Mas quanto sobe e quão rápido isso acontece é algo em que os cientistas continuam a trabalhar. De acordo com um estudo divulgado esta semana na revista Environmental Research Letters, porém, as águas estão a subir mais rapidamente do que o mais recente relatório oficial do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC), em 2007, projectava. Segundo os autores do estudo, os resultados mostram que a temperatura global continua a aumentar, (...)
  Por mais que os Governos cheguem a um consenso global para reduzir as emissões de carbono e as empresas invistam em tecnologias sustentáveis, o aumento do nível do mar será imparável e já não pode ser contrariado. De acordo com cientistas norte-americanos e australianos, apesar das medidas que estão a ser tomadas, há alguns anos, para reduzir as emissões globais de carbono, a expansão da água do mar é um fenómeno muito previsível. Embora os cortes das emissões possam (...)